Quais são os principais tipos de camarão?

4 minutos para ler

O camarão é um daqueles ingredientes versáteis, que está presente nas cozinhas de diferentes países e pode ser usado em múltiplas receitas, de saladas a pratos quentes. Risotos, massas, moquecas, bobós, tortas e escondidinho são apenas algumas das delícias que podem ser preparadas usando diferentes tipos de camarão.

De receitas rápidas a preparos complexos, tem sempre espaço para o camarão na cozinha! Mas um segredo para usar bem o ingrediente é conhecer e saber as diferenças entre os principais tipos do crustáceo. De forma geral, os camarões menores são ótimos para o preparo de caldos, arroz, risotos e massas. Já os maiores podem ser servidos sozinhos e caem muito bem fritos ou assados.

Além de prestar atenção nesses detalhes, outra dica de ouro é saber escolher o tempero para o camarão. Isso porque sua carne tem um sabor delicado e não combina com exageros. Confira o material que preparamos para você sobre o assunto!

Quais os principais tipos de camarão?

Em todo o mundo, há centenas de espécies de camarão. No Brasil, também temos variedades de água salgada e de água doce. Entre os tipos mais conhecidos e consumidos, podemos listar:

  • camarão sete-barbas;
  • camarão vermelho;
  • camarão branco;
  • camarão pitu;
  • camarão rosa.

Começando pelo camarão sete-barbas, essa espécie é facilmente encontrada em todo o Brasil. Seu tamanho é pequeno, mas o sabor é intenso, podendo ser frito ou usado como recheios ou em molhos. O camarão vermelho é típico das águas marinhas brasileiras e pode atingir até 20 centímetros. Nos restaurantes, ele costuma ser preparado frito ou cozido.

Outra espécie do crustáceo, nativa do litoral brasileiro, é o camarão branco, disponível da costa norte ao sul do país. Assim como o vermelho, pode chegar a 20 centímetros e, apesar do nome branco, sua coloração natural é cinza-claro.

Já o camarão pitu é considerado a maior espécie que vive nas águas doces brasileiras e chega a medir quase 50 centímetros.  Os pitus podem ser fritos na manteiga, cozidos ou grelhados, por exemplo.

Outra espécie cobiçada por aqueles que adoram comer camarão é o rosa. Esse tipo pode atingir cerca de 18 centímetros e tem uma carne levemente adocicada, perfeita para receitas como camarão na moranga ou entradas fritas.

Quais as receitas mais indicadas?

Mais da metade da composição do camarão é água. Por isso, durante seu preparo é recomendável o máximo de atenção possível, pois quando o cozimento não for bem-feito ele poderá ficar com a textura mole ou mesmo borrachuda. Sabendo disso, o próximo passo é estar atento sobre qual espécie combina melhor com cada receita.

Camarões de tamanho menor, como o sete-barbas, são perfeitos para receitas como bolinhos, saladas com abacate e outras verduras ou legumes, pastéis, tortas, bruschettarisoto, camarão na moranga e massas. Ou seja, o camarão funciona como complemento para realçar o sabor das receitas.

Já os camarões maiores, como o pitu, podem ser aproveitados como pratos principais, já que eles têm tamanho e carne suficiente para isso. Algumas das receitas mais clássicas para eles são camarão empanado, camarão à provençal e moqueca.

Por último, lembre-se de escolher temperos mais suaves, que ajudarão a valorizar o crustáceo, como sal, pimenta do reino, limão, além de ervas delicadas, como tomilho e alecrim.

Agora, você já sabe que existem variações do camarão e que cada tipo combina com determinadas receitas. Lembre-se, sempre, de levar esse detalhe em consideração ao preparar um prato e use a criatividade para incluir o crustáceo no seu cardápio.

Depois de todas essas dicas sobre tipos de camarão, é impossível não sentir fome. Então, aproveite para conferir essa receita de risoto de camarão que fica deliciosa!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-